Foto registrada por um cliente na tarde de terça-feira (8).

Sem funcionamento de sistema, banco de Itaituba acumula clientes insatisfeitos e superlotação

Clientes do Bradesco afirmam que o problema já dura mais de uma semana.

Foto registrada por um cliente na tarde de terça-feira (8).

Os problemas de atendimento envolvendo o banco Bradesco de Itaituba continuam, desta vez com relação ao serviço prestado no interior da agência. “Não teve um dia sequer que a agência funcionou de 09h as 14h atendendo, o sistema logo cai, e não dão previsão para retorno.” diz um cliente

Aos clientes, o banco informa que todo o transtorno com queda de sistema é por conta da reforma na agência, que acontece há alguns meses, porém, a desculpa não convence.

A situação se torna caótica, principalmente para os aposentados. Apesar do banco fornecer outros meios para atender o cliente, como o Bradesco expresso e internet banking, a agência deve funcionar, ou pelo menos deveria funcionar para dá suporte.

“Caixa eletrônico não funciona, quando funciona não tem dinheiro. Sinceramente, não adianta trazer um padrão de agência mais elegante e bonito e não ter funcionários o suficiente para atender toda a demanda. Eu poderia passar dias aqui relatando o descaso do Bradesco com a população e não terminaria.” afirma outro cliente

O Giro conversou com o diretor do Procon de Itaituba, o advogado Igor Aguiar. Ele informou que, apesar da situação caótica, não há registros de reclamações no órgão contra o banco, e orienta que as pessoas exerçam o seu direito de reclamar e pedir melhorias.

Igor diz ainda que por lei, o banco é obrigado a atender o cliente em no máximo 30 minutos, em dias normais, e 40 em véspera de feriados e pagamentos de folha, qualquer tempo além disso pode ser denunciado. Ele afirma ainda que o órgão já solicitou a abertura de uma nova agência na cidade e recebeu como resposta que está havendo uma expansão da atual, que a abertura de uma nova agência é improvável pelo tamanho da cidade.

Ainda de acordo com o Procon, o Bradesco é, hoje, a única instituição financeira que recebe reclamações frequentes no órgão. “Aparentemente a agência não dá conta da demanda, provavelmente por conta de ser responsável por folha de pagamento da prefeitura, benefícios do INSS etc.” Finaliza Igor

MULTAS

Há pouco mais de um mês, o Procon aplicou uma multa de 100 mil reais ao Banco em razão do péssimo serviço prestado à população, com os problemas recorrentes dos caixas de autoatendimento.

Caixas eletrônicos fora de sistema (Arquivo)

Vários autos de infração já foram lavrados contra o Bradesco, somadas as multas chegam a 570 mil reais, mesmo assim nenhuma medida de melhoria havia sido tomada pela instituição.

Fonte: Portal Giro

Comentários

A seção de comentários deste site permite que as pessoas comentem o conteúdo usando as respectivas contas do Facebook. Para comentar, você precisa estar com uma seção ativa na rede social.