Apresentação do PROERD em Trairão.

Programa PROERD é apresentado para a população trairense

O PROERD consiste num esforço cooperativo estabelecido entre a Polícia Militar, a Escola e a Família.

Apresentação do PROERD em Trairão.

Na tarde da última quinta-feira (24), por volta das 12h, o Comandante do Comando de Policiamento Regional (CPR-X), Coronel Alencar, juntamente com os instrutores Proerdianos, Sargento J. Araújo e Cabo Dinair, estiveram realizando visita no município de Trairão com o intuito de apresentarem a dinâmica do funcionamento do Programa Educacional de Resistência às Drogas (PROERD) para a Secretária de Educação, professora Vilma, e Coordenadora Pedagógica, professora Vânia Guimarães.

De acordo com o que foi informado, o programa foi bem aceito e, no momento, foi enfatizada a preocupação com as Escolas do Distrito de Caracol para que as mesmas também possam ser inseridas no programa, bem como foi solicitado para que, logo no início do próximo, o município possa ser contemplado com as referidas palestras.

Segundo informações, estas visitas fazem parte de uma programação para que todos os municípios da circunscrição do CPR -X (Itaituba, Jacareacanga, Novo Progresso, Trairão, Rurópolis, Placas e Aveiro) possam ser contemplados com o referido programa de prevenção às drogas.

O PROERD

O Programa Educacional de Resistência às Drogas (Proerd) consiste num esforço cooperativo estabelecido entre a Polícia Militar, a Escola e a Família, tendo como missão ensinar aos estudantes habilidades para tomada de boas decisões, para ajudá-los a conduzir suas vidas de maneira segura e saudável. Visa construir um mundo no qual os jovens de todos os lugares estejam capacitados para respeitar os outros e para escolherem conduzir suas vidas livre do abuso de drogas, da violência e de outros comportamentos perigosos.

Fonte: Portal Giro com informações da Polícia Militar/ PA e Comando de Policiamento Regional X

Comentários

A seção de comentários deste site permite que as pessoas comentem o conteúdo usando as respectivas contas do Facebook. Para comentar, você precisa estar com uma seção ativa na rede social.