Murillo Ribeiro na época da prisão em Formoso do Araguaia — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Piloto morto em acidente em Moraes Almeida foi preso com droga em avião

Ele foi preso no Tocantins em julho de 2018 com quase 300 quilos de cocaína em um avião.

Murillo Ribeiro na época da prisão em Formoso do Araguaia — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Murillo Ribeiro de Souza Costa, preso no Tocantins em julho de 2018 com quase 300 quilos de cocaína em um avião, era o piloto morto no acidente aéreo em Itaituba. Ele é natural de Formoso do Araguaia, no sul do Tocantins e deve ser enterrado na cidade.

A apreensão de drogas foi em uma pista na zona rural de Formoso do Araguaia. Segundo a Polícia Federal, a suspeita é que a cocaína veio da fronteira da Bolívia com o Mato Grosso. A ação foi para desarticular um grupo que utilizava aviões adulterados no transporte de cocaína.

Outras vítimas do acidente

Murilo, Reinaldo e Maranhão, possíveis vítimas.

As outras vítimas do acidente foram identificadas como Eduardo Teles Menezes e Reinaldo Lopes da Fonseca. As causas da queda ainda são desconhecidas. A aeronave de prefixo PTNKK teria partido da cabeceira do rio Piranhas com destino ao distrito de Moraes de Almeida.

Destroços do avião.

Fonte: Portal Giro com informações de G1 Tocantins

Comentários

A seção de comentários deste site permite que as pessoas comentem o conteúdo usando as respectivas contas do Facebook. Para comentar, você precisa estar com uma seção ativa na rede social.