Operação da PF contra tráfico cumpre mandado de busca e apreensão em itaituba

Operação Dracma também cumpriu mandados em Rondônia e Mato Grosso com a participação de mais de 200 policiais federais.

Na manhã da última quinta-feira (14), quatro policiais federais colaboram com o cumprimento de um mandado de busca e apreensão na Operação Dracma, em Itaituba. A ação investiga a atuação de empresas de Rondônia na ocultação de recursos gerados pelo tráfico de drogas.

Além de Itaituba, a Operação Dracma também cumpriu 71 mandados em Rondônia e Mato Grosso. Ela conta com mais de 200 policiais federais que foram às ruas logo no início da manhã de quinta.

Além das buscas, a Justiça determinou o afastamento das funções e o sequestro de bens dos gerentes e proprietários das empresas envolvidas. O valor confiscado é de mais de R$ 70 milhões. Também participaram da ação servidores da Receita Federal.

São investigados os crimes de lavagem de dinheiro, evasão de divisas oriundas do tráfico internacional de drogas e sonegação fiscal.

A operação se baseia em 26 inquéritos da Polícia Federal, 36 relatórios fiscais da Receita Federal e 86 laudos de perícia financeira.

O nome da operação, Dracma, é uma alusão à antiga moeda da Grécia, que tinha a necessidade de seguir o rastro do dinheiro durante as investigações dessa natureza. Dracma era a mais antiga moeda ainda em circulação no mundo.

Fonte: Portal Giro, com informações de O Liberal

Comentários

A seção de comentários deste site permite que as pessoas comentem o conteúdo usando as respectivas contas do Facebook. Para comentar, você precisa estar com uma seção ativa na rede social.