(Reprodução)

Motorista de caminhonete não sabia que tinha droga em caixa que transportava

Ele foi levado à delegacia apenas para prestar depoimento, e logo em seguida liberado para seguir viagem. 

(Reprodução)

Na noite da última sexta-feira (10), após uma abordagem da Policia Militar de Trairão, em uma caminhonete modelo Hilux, de cor branca, foi apreendido drogas em uma caixa de sapatos. O motorista, identificado pelo nome de Francinaldo Alves Pinheiro, de 34 anos, foi abordado em uma barreira da polícia militar de trairão, na BR-163.  O mesmo estava trefegando com destino ao município de Itaituba.

Após os militares revistarem o interior da caminhonete, que transportava passageiros e encomendas, foi encontrado uma caixa de sapato em uma sacola, ao ser aberta pelos militares foi encontrado 195 gramas de maconha e 51 gramas de crack, totalizando 246 gramas de droga, que seria entregue há uma mulher identificada por Alexia Chyevelim Almeida Gomes, de 22 anos de idade, na rodoviária de trairão, como a mesma não estava na rodoviária a encomenda seria transportada para Itaituba e posteriormente seria entregue a destinatária.

Assinatura como testemunha. (Foto: Reprodução)

Segundo a advogada do condutor do veículo e da empresa, Francinaldo Alves Pinheiro, que é motorista profissional, e prestador de serviços para a empresa “COOPIT” transportes, dono da caminhonete que trasportava as drogas, não tinha nenhum conhecimento do conteúdo que estava dentro da caixa de sapato, e que, a encomenda foi deixada na agência da empresa em Crepurizão para ser entregue em Trairão para uma mulher identificada por Alexia, e que ele apenas estava fazendo o transporte como qualquer outra encomenda.

 

No momento da abordagem, ele foi apenas levado à delegacia para prestar depoimento, e logo em seguida liberado para seguir viagem.  Foi ouvido em depoimento como testemunha, e ainda colaborou com a polícia para desfecho do caso.

Ao ser presa Alexia confessou aos policias ser a dona da droga, foi presa e conduzida para Itaituba, onde deverá passar por uma audiência de custodia.

Fonte: Júnior Ribeiro

Comentários

A seção de comentários deste site permite que as pessoas comentem o conteúdo usando as respectivas contas do Facebook. Para comentar, você precisa estar com uma seção ativa na rede social.