Itaitubense Maria Madalena.

Itaitubense compara taxas de energia do Pará e São Paulo e vídeo viraliza

No vídeo a moradora apresenta os valores referentes às taxas cobradas pela iluminação pública e porcentagem da alíquota do ICMS.

Itaitubense Maria Madalena.

A Itaitubense Maria Madalena, no dia 9 de janeiro, gravou um vídeo e compartilhou em sua página do Facebook mostrando a enorme diferença de valores referentes às taxas cobradas dos consumidores de energia elétrica dos estados do Pará e São Paulo, destacando o fato de haver na região paraense várias hidrelétricas, sendo então um dos maiores fornecedores energia elétrica no país, porém, que paga altas taxas de energia, saindo mais cara para o consumidor. Vídeo já tem mais de 700 compartilhamentos.

Maria aparace no vídeo segurando uma conta de energia de uma residência localizada em São Paulo e afirma que, com auxílio de uma pessoa, calculou as taxas cobradas nos talões de energia para os serviços prestados, destacando que, no Pará, o custo referente à iluminação pública sai em torno de R$ 75,00, enquanto em São Paulo cobra-se apenas R$ 16,00.

Além disso, a itaitubense destaca que os Kws de energia para os paraenses sai pelo valor de R$ 0,68 e no estado paulista é cobrado somente R$ 0,29, e é pago no Pará 25% de alíquota do ICMS, mas em São Paulo paga-se apenas R$ 8%, apesar de residirmos praticamente “no quintal das hidrelétricas”, visto que tem usinas hidrelétricas em Belo Monte e Tucuruí.

Em vista disso, Maria chama a atenção dos políticos itaitubenses para que reúnam representantes de outros municípios paraenses com intuito de procurar os responsáveis, como o Governador Helder Barbalho, representante da Celpa para que expliquem o porquê do Quilowatt e questionar o fato do paraense ser tão “explorado” e solicita uma mobilização para lutar por uma vida e energia melhor e lutar pelos direitos.

O Giro procurou Madalena para comentar sobre a repercussão do vídeo, mas não obteve êxito.

Veja o vídeo na íntegra:

Fonte: Portal Giro

Comentários

A seção de comentários deste site permite que as pessoas comentem o conteúdo usando as respectivas contas do Facebook. Para comentar, você precisa estar com uma seção ativa na rede social.