Itaituba: População se reunirá sexta-feira (24) para uma manifestação com objetivo de  cobrar do governo estadual a conclusão das obras do Hospital Regional

Postado em: 21 de março de 2017, às 14:06hs

As obras do hospital regional do Tapajós tiveram inicio em junho de 2013, e deveria ter sido concluída no final do ano 2014, mas já se passaram mais de 2 anos após o prazo final e ainda não tem se quer previsão para conclusão. Preocupados com a situação, representantes de entidades de classes, autoridades e a população dos municípios de Itaituba, Aveiro, Jacareacanga, Trairão e Novo Progresso estão se mobilizando para fazer um ato público nesta sexta-feira (24) a partir das 08:00 da manhã com concentração no barracão de evento da orla de Itaituba, com o objetivo de chamar a atenção do governo do estado agilidade na conclusão da obra que está parada a dois anos. 

O governo do estado garante que já foi aprovado um convênio com mais de 600 milhões de reais, e que parte do dinheiro será usado para a construção do hospital. Mas a população quer ver mesmo é a conclusão da obra que está em construção.


A paralização das obras vem sendo assunto amplamente discutido pelas entidades de classe e câmara de vereadores, todos acreditam em uma resposta do governo após a população mostrar suas forcas nas ruas. O prefeito Valmir Climaco também apoia a manifestações e fala da importância do mesmo, “vamos juntar toda a população para participar desse grande ato, temos que mostrar para o governo do estado que não aguentamos mais ficar sem o Hospital Regional. O hospital municipal, apesar da grande melhoria nos últimos meses, ainda não tem estrutura para suprir toda a demanda, principalmente de cirurgias.”

A organização convida a todos que puderem participar para cobrar seus direitos a uma saúde de melhor qualidade, ressaltam ainda, a grande importância do povo mostrar sua força, pois assim irá chamar a atenção do governo.

Reagir
Curtir Amei Haha Uau Triste Grr

Compartilhe

Comentários

A seção de comentários deste site permite que as pessoas comentem o conteúdo usando as respectivas contas do Facebook. Para comentar, você precisa estar com uma seção ativa na rede social.