Itaituba: durante funeral, moradores afirmavam que idosa não estava morta

Postado em: 15 de agosto de 2017, às 19:38hs

Um fato no mínimo inusitado aconteceu na tarde deste ferido de terça-feira (15) em Itaituba no bairro infraero, onde um vídeo acompanhado de um áudio, divulgado em grupos de WhatsApp, mostrava populares tentando reanimar uma pessoa, já no caixão, que foi dada como morta pelos médicos do hospital municipal de Itaituba.

De acordo com informações do secretário de saúde do município de Itaituba, Iamax Prado, a senhora Brasilina Dutra, de 60 anos de idade, deu entrada no HMI no fim da tarde da última segunda-feira (14) por volta das 18:00 horas, e cerca de 10 horas depois, por volta das 03:45 teve morte confirmada pela Médica Renata Dilon.

O corpo foi liberado para o serviço funerário contratado pela família, todos os procedimentos foram realizados e o corpo foi liberado para o velório, porém, na tarde desta terça moradores afirmavam que a mulher estava viva, que seu coração batia e que ela respirava levemente. Outro fator que, segundo eles, significava que a mulher estava viva, era o fato de o corpo dela não está endurecido, como seria o normal já que se passaram mais de 12 horas desde a sua possível morte confirmada pelo hospital.

Um vídeo logo foi gravado e divulgado no whatsapp e os socorristas do SAMU foram chamados e estiveram no local juntamente com a médica que havia confirmado a morte da idosa na madrugada. Mais uma vez foi constatado que não haviam sinais de vida, respiração, batimentos cardíacos ou algo que comprovasse que a senhora estava viva.​​ VEJA O VÍDEO

O secretário de saúde Iamax, em ligação, informou ao portal Giro que todos os esforços possíveis para salvar a vida da idosa foram feitos e o óbito realmente foi confirmado no hospital. Ele ressaltou ainda que caso a mulher não estivesse realmente morta o serviço funerário iria constatar, o que não aconteceu. Sobre o fato de o corpo não está endurecido 12 horas após a morte confirmada ele diz que não sabe explicar o motivo.

VEJA TAMBEM: Clique aqui e leia a nota oficial divulgada pelo HMI esclarecendo este caso

Fonte: Portal Giro

Quer receber notificações de novas notícias de nosso site e ficar por dentro de tudo?? Envie agora mesmo um WhatsApp para o número (93) 99156-8842 informando que viu esta mensagem no portal e SAIBA MAIS!!!

Reagir
Curtir Amei Haha Uau Triste Grr

Compartilhe

Comentários

A seção de comentários deste site permite que as pessoas comentem o conteúdo usando as respectivas contas do Facebook. Para comentar, você precisa estar com uma seção ativa na rede social.