Caseiro assassinado.

Identificado caseiro assassinado em balneário de Itaituba

Vítima foi morta com tiro e pauladas na cabeça; polícia suspeita de latrocínio, roubo seguido de morte.

Caseiro assassinado.

Um caseiro do balneário Fonte Azul, identificado como Evaldo Muo Munduruku, de 59 anos, foi morto na noite desta terça-feira (7). Segundo informações apuradas, a vítima foi assassinada com um tiro de arma de fogo e pauladas na cabeça.

Ainda segundo informações repassadas à polícia, objetos do local ainda foram preparados para serem levados, o que levantou suspeita de latrocínio, roubo seguido de morte.

O corpo foi encontrado fora da residência onde o caseiro morava sozinho há dois anos, dentro do balneário. Moradores das proximidades teriam ouvido tiros e acionaram a polícia, que foi até o local com um funcionário da empresa.

“Era uma pessoa muito querida pela família.” disse um integrante da família dos proprietários do estabelecimento

Segundo informações de testemunhas, o balneário já foi alvo de bandidos outras vezes, quando teve a porta da cozinha arrombada.

O Instituto Médico Legal (IML) foi acionado e fez a remoção do corpo. A polícia civil investiga o caso, ninguém foi identificado ou preso até o momento.

O velório de Evaldo irá acontecer na distribuidora de bebidas Mercadoria, na 17a rua esquina com Travessa Lauro Sodré.

Fonte: Portal Giro

Comentários

A seção de comentários deste site permite que as pessoas comentem o conteúdo usando as respectivas contas do Facebook. Para comentar, você precisa estar com uma seção ativa na rede social.