Laudemir Sousa Cunha, de 34 anos.

Homem que ateou fogo na esposa, tenta suicídio na cadeia em Novo Progresso

Segundo a Polícia, ele tentou suicídio utilizando uma toalha de banho e está internado em estado grave.

Laudemir Sousa Cunha, de 34 anos.

Laudemir Sousa Cunha de 34 anos de idade, foi preso no Distrito de Castelo dos Sonhos Município de Altamira, acusado de  feminicídio contra sua esposa,  Tatiane Aparecida Rocha do Carmo, que teve mais de 90% do corpo queimado. Segundo a polícia, ele tentou suicídio nesta quarta-feira (17), em Novo Progresso.

Hospital

Conforme informações do Hospital, Laudemir foi internado na noite de ontem por volta de 19h e seu estado é grave, necessitando de cuidados intensivos. Ainda segundo a Unidade,  Laudemir tentou suicídio dentro da cadeia com uma toalha de banho.

Entenda o caso

Segundo informações, Laudemir chegou em sua residência na madrugada do último sábado (13), por volta de 02h, embriagado e, começou uma discussão com a esposa. Ele, então, teria saído de casa e pego um frasco com gasolina. Em seguida,  teria jogado na mulher e ateado fogo. O caso ocorreu na rua Irene Heck no centro do distrito de Castelo dos Sonhos. Tatiane foi socorrida por populares que apagaram o fogo e a encaminharam para Hospital Municipal de Novo Progresso, onde a vítima está consciente, mas permanece sem previsão de alta.

A mulher teve 90% do corpo queimado e foi atingida nos braços, rosto, seios, torax, barriga, pernas e tronco.

Fonte: Folha do progresso

Comentários

A seção de comentários deste site permite que as pessoas comentem o conteúdo usando as respectivas contas do Facebook. Para comentar, você precisa estar com uma seção ativa na rede social.