Romário Lopes de Sousa, falecido.

Homem esfaqueado em garimpo de Itaituba morre no HMI

O homem faleceu nesta terça-feira (29) em decorrência de infecção generalizada após dias de tratamento.

Romário Lopes de Sousa, falecido.

Na madrugada desta terça-feira (29), um homem, identificado como Romário Lopes de Sousa, morreu no Hospital Municipal de Itaituba (HMI). Segundo informações, Romário teria dado entrada no HMI dia 25 de outubro, depois de ser atingido com uma facada no pescoço, durante uma confusão que aconteceu no Garimpo do Rato, região de Itaituba, e precisou passar por procedimento cirúrgico.

Conforme informado, após realizar a cirurgia, o homem ficou cerca de 4 dias internado em observação e recebendo os tratamentos necessários, posteriormente, recebeu alta e foi liberado para retornar à sua residência. Porém, poucos dias depois, Romário retornou ao hospital apresentando quadro de infecção generalizada na região em que foi atingida pela faca e veio a falecer devido as complicações decorrentes da infecção.

Uma das enfermeiras que realizaram os atendimentos a Romário informou que, possivelmente, o mesmo não teria tido os cuidados necessários para que alcançasse sua recuperação, pois o paciente estaria se alimentando com comidas pesadas, algo que influenciou muito para que surgisse a infecção.

Em entrevista ao Giro, a prima de Romário afirmou: “O meu primo era responsabilidade do Trairão, o Trairão deveria ter realizado todo o processo e mandar ele para Santarém, mas de Trairão mandaram para Itaituba, então a infecção generalizou e ele não resistiu”.

Devido a família possuir pouca condição financeira, foi preciso que se fizesse uma coleta entre amigos e familiares para conseguir comprara o caixão para acomodar o corpo de Romário e realizar a cerimônia funerária.

Fonte: Portal Giro

Comentários

A seção de comentários deste site permite que as pessoas comentem o conteúdo usando as respectivas contas do Facebook. Para comentar, você precisa estar com uma seção ativa na rede social.