Adolescentes acusados de cometer o crime. (Foto: Reprodução)

Homem de 34 anos é morto e esquartejado em Goiás por simplesmente ser “Paraense”

O crime foi cometido por quatro adolescentes na madrugada do último domingo (10).

Adolescentes acusados de cometer o crime. (Foto: Reprodução)

José Maria Nascimento Souza, de 34 anos, foi morto a facadas e pedradas na madrugada do último domingo (10), em Anápolis, Goiás. O crime foi cometido por quatro adolescentes com idade entre 13 e 17 anos, que confessaram o assassinato. O rosto da vítima ficou irreconhecível e ele teve um dos braços decepado.

De acordo com o delegado da Polícia Civil, existe a suspeita de xenofobia, já que o homem teria sido assassinado apenas pelo fato de ser paraense. Os suspeitos invadiram a casa da vítima e o atacaram. Eles negaram que a vítima foi morta por ser de outro estado.

“Houve uma briga generalizada e eles teriam invadido a casa sob o pretexto de que ‘paraense não teria espaço no setor’. Outras pessoas estavam na residência e conseguiram fugir pelo telhado do banheiro”, contou o delegado Vander Coelho.

A apreensão dos menores ocorreu logo após o crime. Durante o depoimento, os quatro suspeitos, sendo dois homens e duas mulheres, contaram versões diferentes.

“Eles alegaram que a vítima tinha uma arma de fogo e que foram ameaçados e, por isso,agrediram a vítima”, relatou o delegado.

O caso está sendo investigado pelo Grupo de Investigações de Homicídios (GIH) de Anápolis. Os adolescentes foram encaminhados para a Delegacia de Polícia de Apuração de Atos Infracionais (Depai). Em seguida, serão transferidos para o Centro de Atendimento Socioeducativo (Case), onde devem aguardar a decisão da Justiça.

Fonte: DOL (Com informações do Portal Mais Goiás)

Comentários

A seção de comentários deste site permite que as pessoas comentem o conteúdo usando as respectivas contas do Facebook. Para comentar, você precisa estar com uma seção ativa na rede social.