Jocelma Silva, de 32 anos, morreu em acidente de trânsito.

Familiares e amigos de servidora pública fazem protesto em busca de Justiça

Jocelma Prado e seu companheiro morreram no dia 08 de setembro após colisão entre moto e caminhonete.

Jocelma Silva, de 32 anos, morreu em acidente de trânsito.

Amigos e familiares da servidora pública Jocelma Prado Silva, que faleceu em um acidente de trânsito no dia 8 de setembro, domingo, realizaram protestos na tarde de segunda-feira (16), em frente 19ª Seccional de Polícia de Itaituba, e na manhã desta terça-feira (17), na Câmara Municipal de Itaituba.

Cartazes feitos pelos manifestantes. (Fotos : Magno Sousa)

O principal objetivo da manifestação é a busca por respostas da justiça, referentes às circunstâncias do acidente, logo que o motorista da caminhonete ainda não foi identificado, fazendo com que o suposto causador não seja responsabilizado pelo ocorrido, necessitando que as autoridades investiguem o caso.

Manifestação em frente à 19ª seccional.

Na Câmara Municipal de Itaituba, a irmã da vítima, Joelma Prado Silva, usou a tribuna para pedir mais efetividade por parte das autoridades em relação ao caso, pois, segundo a mesma, após o falecimento de sua irmã seus dois filhos estão sofrendo muito.

Protesto na Câmara Municipal (Fotos : Magno Sousa)

A família recebeu uma informação de que possivelmente quem conduzia a caminhonete no momento do acidente era um jovem menor de idade, e pede a ajuda dos vereadores e populares que tenham informações, para que entrem em contato com a polícia.

O acidente

O acidente, envolvendo uma motocicleta e uma caminhonete ocorreu na 34ª rua, por volta das 22h, próximo à escola Padre José de Anchieta. A moto modelo Bros, de cor azul, era conduzida por Jenivaldo Alves Ferreira, de 34 anos, companheiro de Jocelma Prado Silva, de 32 anos. O motorista da caminhonete não foi identificado até agora.

Fonte: Portal Giro

Comentários

A seção de comentários deste site permite que as pessoas comentem o conteúdo usando as respectivas contas do Facebook. Para comentar, você precisa estar com uma seção ativa na rede social.