Escrivão de polícia é preso em Itaituba

Escrivão foi denunciado ao ministério público após exigir motocicleta como condição para liberação de três presos.

Postado em: 7 de novembro de 2018, às 16:15hs

escrivão de polícia Haroldo Batista Macedo Junior.

A Corregedoria Regional do Baixo e Médio Amazonas (12° e 15° RISPs) deu cumprimento, na cidade de Itaituba, aos Mandados de Prisão Preventiva e Busca Domiciliar ao escrivão de polícia Haroldo Batista Macedo Junior, acusado de crime de concussão. Prisão aconteceu na manhã da última terça-feira (6).

Segundo a polícia civil, as investigações iniciaram após uma das vitimas ter comparecido ao Ministério Público para relatar que, no dia 21 de outubro, o escrivão havia exigido certa quantia em dinheiro como condição para liberação de três presos, como não aceitaram, o mesmo teria exigido a entrega dos documentos da moto de um dos presos como forma de pagamento pela liberação.

Durante as diligências a equipe da Corregedoria flagrou o escrivão utilizando-se da motocicleta como meio de transporte até seu local de trabalho, assim como para a faculdade que frequenta no período noturno.

Segundo informações apuradas, o escrivão deve ser transferido para Belém.

Concussão

É o crime praticado por funcionário público, em que este exige, para si ou para outrem, vantagem indevida, direta ou indiretamente, ainda que fora da função ou antes de assumi-la, mas em razão dela. O crime é punido com pena de reclusão, de dois a oito anos, e multa.

Fonte/Foto: Polícia Civil

Reagir
Curtir Amei Haha Uau Triste Grr
613

Compartilhe

Comentários

A seção de comentários deste site permite que as pessoas comentem o conteúdo usando as respectivas contas do Facebook. Para comentar, você precisa estar com uma seção ativa na rede social.