Empresário Eurivaldo Alves Mariano estava desaparecido há cinco dias.

Encontrado corpo de empresário que estava desaparecido em Moraes Almeida

Corpo foi encontrado em cova rasa às proximidades do local onde o mesmo desapareceu, há cinco dias; principal suspeito do crime foi preso.

Empresário Eurivaldo Alves Mariano estava desaparecido há cinco dias.

Em nota divulgada pelo advogado da família, Fernando Brandão, foi confirmada a morte do empresário Eurivaldo Alves Mariano, que estava desaparecido há cinco dias em Moraes Almeida, distrito de Itaituba. Corpo foi encontrado enterrado em cova rasa na região às proximidades do Garimpo Boa Esperança, local onde desapareceu, dia 09 de Dezembro.

Após confirmado o desaparecimento do empresário, a polícia, juntamente com a família e moradores do Distrito, realizaram buscas na esperança de encontrá-lo com vida.

A cova onde o corpo foi encontrado fica em um local próximo a um barraco abandonado de propriedade de uma senhora identificada como Francineuma, mãe de suspeito Antônio Magno Lima Pereira, principal suspeito de cometer o crime.

Antônio Magno Lima Pereira, principal suspeito de cometer o crime.

Segundo informações apuradas, Magno estava neste local á 06 meses e conheceu a vítima há poucas semanas. O suspeito, um lutador de MMA, esteve com Eurivaldo na segunda-feira e, já na terça-feira pela manhã, partiu da região garimpeira rumo ao Estado do Mato Grosso.

Durante o período em que o empresário esteve “desaparecido”, Magno utilizava o aparelho celular da vítima para pedir dinheiro à esposa e amigos do próprio, sempre dizendo que estava com problemas e que precisava de dinheiro.

Foram dias torturando à família e mandando mensagens até que a Polícia Civil de Itaituba, no inquérito presidido pelo DPC Rafael Ribeiro, em parceria com as Polícias de Cuiabá/MT e de Rondônia, conseguiram desvendar os fatos e chegar até a identidade do suspeito. Com base nas informações e com a localização do telefone celular a policia de Cuiabá logrou êxito em capturar o indiciado e esclarecer os fatos.

O corpo será retirado da área com apoio do IML de Itaituba, e será velado em Rondônia.

A família, nesta ocasião, foi representada pelo escritório de advocacia Brandão Advogados, através dos Advogados Fernando Brandão, Jessiene Souza e Ana Flávia Sousa, que estiveram dando todo suporte necessário e acompanhando a investigação policial até o momento do desfecho do caso.

Fonte: Portal Giro com informações de Brandão Advogados

Comentários

A seção de comentários deste site permite que as pessoas comentem o conteúdo usando as respectivas contas do Facebook. Para comentar, você precisa estar com uma seção ativa na rede social.