Empresa de Itaituba denuncia um novo golpe que vem sendo aplicado na cidade

O golpe envolve encomendas com pagamento por boleto bancário. Veja

Postado em: 20 de abril de 2018, às 9:58hs

O Giro foi procurado por um comerciante de Itaituba, que preferiu não se identificar, onde o mesmo denunciou que por pouco não foi vítima de um golpe que era arquitetada por um homem de aproximadamente 1,70 de altura, olhos e cabelos claros, e sotaque de Mato Grosso.

Entenda o golpe

O homem chegou na empresa numa sexta-feira fazendo uma encomenda de cerca de 70 mil reais para pagar no boleto. Ele foi ao banco e fez um ‘pagamento’ utilizando um cheque sustado sem fundo, dessa forma, mesmo que no boleto conste que o pagamento foi feito, o valor só é confirmado em dois dias úteis, ou seja, como foi feito na sexta, só seria validado o pagamento no mínimo na segunda ou na terça.

Após o suposto pagamento, o acusado enviou foto do comprovante para o empresário, até então, nenhuma suspeita.

Com essa manobra, o homem tinha a intenção de extorquir dinheiro da empresa, no dia seguinte, sábado, ele voltou no estabelecimento para pedir 10 mil desse valor que tinha sido ‘pago’, alegando que havia ficado sem dinheiro devido o pagamento. Felizmente só estava uma funcionária, que não poderia se responsabilizar pela possível devolução do valor.

O acusado voltou novamente na segunda-feira e tentou, dessa vez, tirar a metade do valor, alegando que iria ficar apenas com a metade da encomenda, mesmo assim os proprietários lhe informaram que só poderiam devolver algo quando o valor caísse na conta definitivamente. Logo após eles foram até o banco e constataram que o cheque não tinha fundo e se tratava de um golpe.

O homem bloqueou os empresários do celular e nunca mais foi localizado, confirmando assim a suspeita de golpe.

Fica o alerta aos comerciantes de Itaituba e região!!!

Fonte: Portal Giro

Reagir
Curtir Amei Haha Uau Triste Grr
3

Compartilhe

Comentários

A seção de comentários deste site permite que as pessoas comentem o conteúdo usando as respectivas contas do Facebook. Para comentar, você precisa estar com uma seção ativa na rede social.