Francisco de Paiva, 65 anos.

Em entrevista, sobrevivente do naufrágio de balsa no Tapajós fala sobre o acidente

“Eu fiquei embaixo da balsa sem saber por onde sair. Foi jesus que me tirou daquela balsa.” diz o sobrevivente

Francisco de Paiva, 65 anos.

Uma tragédia que abalou todo o estado do Pará. O naufrágio de uma balsa, no início da tarde de domingo (20), por volta das 11h, deixou duas mortes confirmadas e mais duas pessoas desaparecidas. A balsa vinha do Penedo com destino à Itaituba carregada com uma PC, um trator e pelo menos 12 pessoas, ela virou no rio Tapajós próximo à comunidade de São Luiz do Tapajós em um trecho de cachoeira.

Balsa ficou virada após naufrágio no domingo (20). — Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros

Entre os integrantes da embarcação estava o colono Francisco de Paiva, 65 anos, que, em entrevista concedida ao repórter Mauro Torres, da TV Tapajoara, contou alguns detalhes sobre o acidente. “Nós vinha numa alegria muito grande, tinha passado duas cachoeiras e já estava escapando do perigo. A gente nunca esperava que fosse acontecer aquilo com nós.” disse Francisco em parte da entrevista

ASSISTA NA ÍNTEGRA

Quatro pessoas ficaram desaparecidas, uma delas, Darck Ribeiro, foi encontrada poucas horas após o acidente, o segundo corpo, de Ana Cristina Santos da Silva, 30 anos, foi encontrado no início da tarde de terça-feira (22) nas proximidades da Orla de Itaituba. Duas pessoas continuam desaparecidas, Jacicleia Moraes dos Anjos, de 51 anos e o jovem Nathan Anjos, de 19 anos.

Um vídeo, que circula em grupos de whatsapp, gravado por um dos integrantes da balsa que naufragou no rio Tapajós, mostra o que possivelmente sejam os momentos antes do acidente acontecer. Nele é possível notar que se trata de um local de correnteza forte, em alguns momentos se vê a água entrando na embarcação, acredita-se que foi em um desses momento que aconteceu a tragédia.

VEJA O VÍDEO

Fonte: Portal Giro com trecho de vídeo da TV Tapajoara

Comentários

A seção de comentários deste site permite que as pessoas comentem o conteúdo usando as respectivas contas do Facebook. Para comentar, você precisa estar com uma seção ativa na rede social.