Criança de 9 anos morre após ser estuprada pelo Padrasto em Dom Eliseu no Pará

Estupro foi constado após a morte da menina no hospital; Padrasto e a mãe foram presos em flagrante.

Postado em: 13 de setembro de 2018, às 13:39hs

Mãe e padrasto são presos.

O que começou como suspeita de pneumonia terminou como tragédia em família. A pequena Heloísa Vitória, de nove anos de idade, morreu por volta das 17h30 do último sábado (8), dentro do hospital municipal de Dom Eliseu. no nordeste paraense.

Após a morte da criança, o médico plantonista do hospital municipal solicitou a remoção do corpo. A morte, no entanto, foi questionada por uma equipe de médicos que tinha atendido Heloísa Vitória há poucos dias. Isto porque o motivo do atendimento tinha sido uma pneumonia não confirmada.

Após exames, foi constatado que a morte foi provocada por estupro. O acusado do crime foi o próprio padastro, Jonatas de Jesus Silva, capturado junto à esposa e mãe da vítima, Márcia Lizandra da Silva, cúmplice do ato por omissão.

Jonatas e Márcia foram capturados e presos em flagrante, detidos ainda na noite de sábado. Diante das provas apresentadas pela própria Polícia Civil, tiveram as prisões convertidas em prisões preventivas. O acusado foi enquadrado por estupro de vulnerável em continuidade delitiva em concurso com o crime de homicídio qualificado e a mãe por estupro de vulnerável qualificado pelo resultado morte (crime omissivo impróprio).

PROTESTOS

Esta semana os moradores percorreram as ruas do município de Dom Eliseu em um grande protesto ao ato de violência que tirou a vida da criança.

Heloísa Vitória, de nove anos.

(Com informações do Portal ORM)

Reagir
Curtir Amei Haha Uau Triste Grr
1516

Compartilhe

Comentários

A seção de comentários deste site permite que as pessoas comentem o conteúdo usando as respectivas contas do Facebook. Para comentar, você precisa estar com uma seção ativa na rede social.