Casos suspeitos de Sarampo surgem em Itaituba

Dois pacientes estão sob suspeita; resultado de exames estão sendo aguardados, segundo o Hospital Municipal de Itaituba (HMI).

Postado em: 8 de agosto de 2018, às 15:28hs

sede do hospital municipal de Itaituba

Diante de toda a preocupação, dos órgãos de saúde, com o Sarampo, doença que vem aparecendo em várias cidades do Brasil, dois casos suspeitos vieram a tona em Itaituba, no Hospital Municipal da cidade.

Procurado pela redação do Giro, o diretor do HMI, enfermeiro Adriano Coutinho, informou que não há nenhum caso confirmado da doença na cidade.  Os casos são apenas de suspeita,  mas o quadro dos pacientes não é grave, inclusive já tiveram alta. “As suspeitas estão sem nenhuma complicação, foram coletados materiais para exames de sangue, urina, e secreções da garganta e faringe”, disse o diretor do Hospital.

O resultado dos exames ficará pronto na próxima semana, pois o material foi encaminhado para um laboratório na capital do estado. Adriano informou ainda que a prevenção do sarampo é a vacinação, e que o SUS disponibiliza em todas as unidades de saúde.

CASOS CONFIRMADOS EM SANTARÉM

O Giro noticiou, há cerca de uma semana, o caso de uma criança de um ano e seis meses que foi o segundo caso confirmado da doença em Santarém, cidade vizinha, no oeste do Pará. A informação foi divulgada pelo Hospital Municipal (HMS), onde a menina estava internada. A mãe da criança contou que ela foi diagnosticada com a doença no dia 31 de Julho, três semanas após ser vacinada. Segundo o HMS, o quadro clínico dela era estável.

MAIS SOBRE A DOENÇA

O Brasil tem 822 casos confirmados de sarampo em 2018. O certificado de eliminação da doença havia sido alcançado em 2016 no país.

Todas as crianças receberão uma dose da vacina Tríplice Viral (que também protege contra caxumba e rubéola), seja qual for a situação vacinal, desde que não tenham sido vacinadas nos últimos trinta dias.

Os sintomas do sarampo aparecem apenas de 10 a 14 dias após a exposição. Eles incluem tosse, coriza, olhos inflamados, dor de garganta, febre e irritação na pele com manchas vermelhas.

As pessoas podem ter:
Dores locais: nos músculos
Tosse: forte ou seca
No corpo: fadiga, febre, mal-estar ou perda de apetite
No nariz: nariz escorrendo, vermelhidão ou espirros
Na pele: erupções ou manchas vermelhas
Também é comum: conjuntivite, dor de cabeça, dor de garganta, inchaço dos gânglios, irritação nos olhos ou sensibilidade à luz

Fonte: Portal Giro (informações complementares do G1.com)

Reagir
Curtir Amei Haha Uau Triste Grr

Compartilhe

Comentários

A seção de comentários deste site permite que as pessoas comentem o conteúdo usando as respectivas contas do Facebook. Para comentar, você precisa estar com uma seção ativa na rede social.