Winglya e o ex marido, Arlyson Souza.

Caso Winglya: ex-marido é considerado foragido da Justiça após mandado de prisão temporária

Novos relatos mostram como era o relacionamento do casal; Uma amiga de Winglya afirmou em entrevista que o ex marido já havia lhe ameaçado de morte ao leva-la para um local isolado.

Winglya e o ex marido, Arlyson Souza.

Winglya Lopes Aboim, 25 anos, está desaparecida desde o dia 9 de maio. Na tarde desta quinta-feira (13), o corpo de uma mulher em estado avançado de decomposição, foi encontrado por um caseiro na Vila Raiol a cerca de 85 Km de Itaituba, logo, por intermédio de características como roupas, aparelho dentário e cor de cabelo, originou-se especulações de que se tratava de Winglya.

Todavia, será necessário que os restos mortais sejam submetidos a exame de DNA para confirmação da real identidade. Em reportagem ao Jornal Eldorado, a Delegada Titular da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher em Itaituba-DEAM, Géssica Araruna, esclareceu alguns pontos sobre o caso.

“Diante das características, principalmente a roupa, os familiares reconhecem como sendo dela, porém é necessário a confirmação através de DNA. É muito difícil essa questão de reconhecer simplesmente por roupas, porque a roupa pode ser plantada no local, então não necessariamente é do cadáver que foi encontrado, mas há fortes indícios que sim” enfatizou ela.

Já existe um mandado de prisão temporária contra o ex-marido de Winglya, Arlyson Souza, principal suspeito e que já é considerado foragido da justiça, conforme relatos na matéria.

Winglya Aboim Lopes, de 25 anos.

Declaração dos Familiares quanto ao caso

Por outro lado, conforme relata familiares, Winglya em certas ocasiões teria sido agredida verbal e fisicamente pelo ex-marido. “Quando ele tinha as crises dele, ele ia pra cima dela, puxava o cabelo dela, batia mesmo. E existem pessoas que já confirmaram isso também, que quando ele tava com ela, era agressivo” afirma a irmã, Glenda.

O pai de Winglya também relatou sobre o momento de angústia pelo qual está passando diante desta situação “Tá sendo difícil pra mim suportar como família, como pai. Por que ele ainda não veio depor, esclarecer?, é a pergunta que todo mundo faz”.

Depoimento sobre um suposto episódio de ameaças

Em entrevista concedida a um jornal da Tv Record, Diana, amiga de Winglya, relatou um episódio em que a amiga teria sido vítima de ameaças do ex-marido “Ele tinha feito uma situação que ele nunca tinha feito, que tava assombrando ela. Foi o fato dele chamar ela pra dá uma volta em uma estrada deserta onde ela não sabia onde era. Lá, ele fez ameaças pra ela” disse

E ainda continua “Ele saiu do carro, e ela ficou dentro do carro com o filho. Então ele começou a chamar ela de maneira agressiva, para que ela saísse do carro, dizendo que ia matar ela. Ela me contou isso chorando, desesperada, assustada. Depois disso que eu entendi, que ela me contando aquilo, o medo tava dominando ela” finalizou.

Pronunciamento do advogado de Arlyson, principal suspeito

Em entrevista ao jornal Focalizando, Alessandro Campos, advogado do ex-marido de Winglya, deu um pronunciamento sobre o achado dos restos mortais que possivelmente pode ser da jovem, bem como sobre a surpresa que Arlyson teve ao tomar conhecimento do achado.

“Ele tá surpreso, não acreditava nessa possibilidade que era de uma eventual morte. De fato, o que se consta até agora, a pessoa encontrada pode ter sido vítima de homicídio. Ele tá consternado, preocupado, também por conta da situação dele, uma vez que surgiu uma suspeita em relação à ele, tanto que há essa medida cautelar temporária. Vamos aguardar. Estamos trabalhando pra ver a possibilidade de uma possível apresentação dele” afirmou o advogado.

O paradeiro de Arlysson é desconhecido, boatos dão conta de que ele estaria na cidade de Santarém, com viagem programada para Manaus, juntamente com o filho, a informação não foi confirmada pelas autoridades. Ele é visto constantemente Online no whatsapp, mas não se pronuncia.

Manifestações

Está programada para esta tarde, às 17h, no barracão de eventos, na orla de Itaituba, um ato público organizado por amigos e familiares de Winglya.

Familiares começam a manifestar confirmação da morte nas redes sociais

Mesmo sem o resultado do exame de DNA, mas diante das inúmeras evidências, pessoas começaram a manifestar pesar nas redes sociais. Um membro da família, Lana Aboim, prima de primeiro grau de Winglya, disse “Infelizmente mediante os fatos não temos mais como conter a dor e declarar que nossa querida Winglya Aboim Lopes, realmente foi encontrada sem vida.”

Postagem da prima de Winglya nas redes sociais.

Fonte: portal Giro com informações de Jornal Eldorado, Jornal Focalizando e Jornal Tv Itaituba Record

Comentários

A seção de comentários deste site permite que as pessoas comentem o conteúdo usando as respectivas contas do Facebook. Para comentar, você precisa estar com uma seção ativa na rede social.