Jocelma Silva, de 32 anos, vítima fatal.

Casal morre após colisão entre carro e moto em Itaituba

Uma das vítimas era funcionária da secretaria de infraestrutura; motorista dirigia uma caminhonete e fugiu do local após a colisão.

Jocelma Silva, de 32 anos, vítima fatal.

Na noite deste domingo (8), por volta das 10h, duas pessoas morreram em um acidente no cruzamento da 34a quarta rua com trav. Justo Chermont, em Itaituba.  Segundo informações, um homem, Jenivaldo alves ferreira, 34 anos, pilotava uma moto acompanhado por sua companheira, identificada como Jocelma Prado Silva, de 32 anos, quando colidiu com uma caminhonete.

Local do acidente.

De acordo com o que foi apurado pelo Giro, no momento da colisão, o casal seguia pela Trav. Justo Chermont, enquanto a caminhonete pela 34a rua. O motorista da caminhonete, que populares afirmam ser um Hillux Branca, fugiu do local sem prestar socorro às vítimas, enquanto o casal morreu ainda no local, antes da chegada do corpo de bombeiros.

Piloto da motocicleta, vítima fatal.

Ainda segundo informações que surgiram nas redes sociais, o casal “estava bebendo desde cedo”, porém, o fato não foi confirmado. O IML solicitou exame de sangue nas vítimas para confirmar se havia ou não embriaguez.

Polícia Militar realizando os procedimentos cabíveis.

O Giro apurou também que Jocelma era funcionária da Secretaria de Infraestutura (SEMINFRA) de Itaituba. Em uma das última publicações feitas em seu facebook a mulher deu os parabéns à Orismar Pereira, secretário. O casal morava na vigésima quarta rua, do bairro Bom Remédio.

Comemoração de aniversário na SEMINFRA.

“O rapaz da caminhonete quase acerta o carro que estava eu e um amigo, ele vinha em alta velocidade e acertou o retrovisor do carro, na 29a rua do Piracanã. Uma hilux de carroceria de madeira.” Disse um internauta ao Giro

A Polícia Militar está em busca de mais informações obre o ocorrido na tentativa de localizar o motorista da caminhonete. “Precisamos da ajuda da população para localizar o motorista, iremos manter o sigilo do informante, basta entrar em contato com a polícia.” Destacou um Policial Militar

Fonte: Portal Giro

Comentários

A seção de comentários deste site permite que as pessoas comentem o conteúdo usando as respectivas contas do Facebook. Para comentar, você precisa estar com uma seção ativa na rede social.