Trecho entre Novo progresso e Moraes Almeida.

Caos na BR 163: quatro dias de trânsito parado e 70 km de congestionamento

Caminhoneiros se dizem abandonados; existem relatos de que já faltam suprimentos básicos, principalmente água.

Trecho entre Novo progresso e Moraes Almeida.

O período chuvoso vem, mais uma vez, prejudicando o trânsito na BR 163 entre Novo Progresso e Moraes Almeida. Segundo Delcio, caminhoneiro que enviou um áudio ao Giro, a via está intrafegável desde o último domingo (25) e as filas duplas já chegam a 70 km. Ele lembra que ano passado, alguns motoristas chegaram a ficar sem água para beber e preparar a alimentação após ficarem parados com carretas e caminhões carregados por mais de uma semana na rodovia federal. A situação se repete agora.

70 km de congestionamento na BR 163.

“Tá tendo uma calamidade aqui. O estado abandonou a gente aqui. A gente está isolado; as pessoas estão começando a passar fome. Quem está no recurso, não tem mais dinheiro e quem está no meio da estrada não tem mais o que comer. Tá começando a se instalar o caos aqui.” Desabafou Delcio.

O maior tráfego da rodovia é de carretas que saem de Mato Grosso levando grãos até o porto de Miritituba. Mas, eles não são os únicos prejudicados. Muitos veículos pequenos, ônibus com passageiros e caminhões com mercadorias perecíveis, também ficam parados na rodovia, por conta dos bloqueios.

Caminhoneiros se dizem abandonados.

Segundo o DNIT, isso acontece porque muitos caminheiros ignoram por completo a orientação que visa evitar o tráfego de carretas quando as fortes chuvas atingem a região. Muitos tentam avançar em fila dupla, estacionam, por vezes, em fila tripla, em plena a rodovia, e assim, acabam por bloqueá-la. Desrespeitam a legislação de trânsito e a orientação de órgãos como Polícia Rodoviária Federal, Exército e o DNIT.

Vale lembrar que, no último dia 1º o Ministro da Infraestrutura percorreu diversos trechos da 163 e afirmou que concluir a pavimentação da Rodovia é o grande compromisso do Governo. Sua visita foi resultado da Operação Radar, uma estratégia integrada do governo federal para o escoamento da safra 2018/ 2019. O foco da ação está justamente na BR-163, no Pará, por ser a principal rota de escoamento da safra de grãos do Brasil.

Fonte: Portal Giro

Comentários

A seção de comentários deste site permite que as pessoas comentem o conteúdo usando as respectivas contas do Facebook. Para comentar, você precisa estar com uma seção ativa na rede social.