Wilma Paulino, MIss Pará Be Emotion 2019.

BOMBA! Miss Pará abre o jogo sobre experiência com coordenador estadual

“Eu fui insultada, fui humilhada, tive traumas e pressões psicológicas”, afirmou a Itaitubense Wilma Paulino em seus stories; Herculano Silva, coordenador, conversou com o Giro e negou todas as acusações.

Wilma Paulino, MIss Pará Be Emotion 2019.

Em um desabafo de mais de 20 minutos e nada mais nada menos que 83 stories, a itaitubense Wilma Paulino, atual Miss Pará 2019, abriu o jogo sobre sua convivência com o coordenador estadual do concurso, Herculano Silva.

View this post on Instagram

É com muito orgulho que sou a Miss Pará 2019, mas é com muita tristeza que deixo essa mensagem. Fui enganada, iludida, ameaçada por pessoas que me prometeram o grande sonho da minha vida, mas não vou baixar a minha cabeça, não vou calar a minha boca e não vou deixar que essas pessoas, que não enganaram somente a mim, mas a centenas de outras moças, saiam impunes do que fizeram. Mostrarei que toda mulher é forte, mostrarei que ainda há justiça e vou levantar essa bandeira. É com lágrimas nos olhos que digo muito obrigada pelo apoio e por terem a coragem de compartilhar suas histórias comigo também. ❤️ #juntassomosmaisfortes

A post shared by Wilma Paulino (@wilma.paulino) on

Ela contou que foi enganada, humilhada, extorquida, ameaçada e que sofreu com pressão psicológica, calúnia e difamação por parte do coordenador durante toda sua experiência com o mesmo. Os relatos incluem também o valor de R$ 5.000,00 pago por ela em troca de consultoria e serviços que não teriam dado nenhum retorno como havia supostamente sido acordado, um desses serviços, segundo Wilma, seria uma escola de moda de uma ex Miss Brasil. “Isso realmente não aconteceu, eu não ganhei nada.” afirmou

Wilma também afirma nos vídeos que nunca recebeu os prêmios por ter sido a vencedora do concurso Miss Pará 2019. “Ele prometeu que a miss ganharia uma joia de brilhantes e também uma viagem de Cruzeiro, nada disso aconteceu e acho que não foi só comigo”, disse.

Outro relato da miss foi o de que foi pressionada à sair com uma pessoa importante no mundo da moda, supostamente para obter vantagens e, ao se negar em ir sozinha no encontro, recebeu uma negativa do empresário do ramo da beleza. “Ele [Herculano] pedia para me aproveitar da situação, mas eu sabia o que realmente essa pessoa [empresário] queria”, disse.

Um dos relatos mais impressionantes foi o de que Herculano, por seguir a religião Umbanda, supostamente recebia espíritos em seu corpo que falavam por ele. “Eu presenciei isso duas vezes, na qual essa entidade sempre dizia pra mim e pra Amanda, que nós éramos putas, éramos vagabundas. Essa entidade já disse pra mim que minha mãe iria sofrer um acidente, um assalto, meu pai também iria sofrer um acidente. Sempre dizendo coisas pra me apavorar, e realmente conseguia, por que eu fiquei desesperadas”, afirmou.

Em casos de desistência, Wilma contou que Herculano ameaçava dizendo que a quebra de contrato iria resultar em multa de R$ 50.000,00 e perderia o título. “Eu não sabia o que fazer, como isso poderia estar acontecendo comigo? era pra ser um sonho, teve muitas promessas e tinha se transformado em pesadelo”, disse.

Wilma contou que precisou fugir. “Decidimos que eu simplesmente ia pegar minhas coisas, ver uma oportunidade para fugir mesmo, por que foi uma fuga que aconteceu. Pegamos nossas coisas, fomos direto pro evento sem avisar que íamos embora depois disso. Fui pro evento e depois que acabou eu fui embora e nunca mais conversamos”, relatou.

Para finalizar, Wilma falou que após deixar São Paulo fugida, Herculano teria surtado e ligado fazendo ameaças. “Dizendo que nós eramos f… que ia fazer vários trabalhos de feitiçaria pra nós duas, pra nós apodrecer e fazer mal. Ele também ligou muito bravo pro meu pai, atacou minha mãe. Eu fui insultada, fui humilhada, tive traumas e pressões psicológicas.” finalizou

Veja um trecho das declarações

Outro Lado

Herculano Silva se manifestou após as declarações de Wilma, ele negou todas as acusações e disse estar muito triste pelo ocorrido. “Eles querem transformar uma mentira em verdade. Eles se dizem evangélicos, então vão ter que ajustar suas contas com a justiça e com Deus. A tristeza que sinto é profunda, algo que nunca pensei que fosse acontecer depois de tantos anos dedicados a moda”, disse.

“Existiu muita cobrança, isso é fato, pois ela estava em São Paulo sob a minha responsabilidade, qualquer coisa que acontecesse com ela era minha responsabilidade, mas eu jamais humilhei ela e nenhuma outra modelo.” disse o coordenador ao ser questionado sobre as supostas ameaças”, relatou.

Ele também nega as declarações de Wilma sobre sua religião, afirmando que em momento algum desrespeitou ou usou sua espiritualidade para falar coisas à ela.

Com relação aos demais casos onde outras modelos também fizeram acusações, Herculano disse que não existe nenhum coordenador de concurso que seja amado por todos e que sempre existem casos onde modelos não aceitam os resultados e ficam com raiva dos organizadores.

“Estou sofrendo todo tipo de agressão verbal.. porque os defensores da moral e dos costumes nunca irão parar pra realmente ao menos sentir a verdade. É fácil ir pra internet contar a versão de um fato e fazer com que as pessoas acreditem que essa é a única face desta história.” finalizou

Herculano afirma ainda que já acionou sua assessoria jurídica e irá levar o caso para a justiça.

Veja o que Herculano disse em vídeo

Outros relatos

Após a repercussão imediata das declarações de Wilma, o apoio foi imediato e novas declarações surgiram. Várias conversas dela com pessoas que disseram ter passado por situações semelhantes foram compartilhadas, como mostram os prints abaixo.

Posts feitos nos stories de Wilma.
Posts feitos nos stories de Wilma.
Posts feitos nos stories de Wilma.
Posts feitos nos stories de Wilma.
Posts feitos nos stories de Wilma.

Para conferir as declarações de Wilma na íntegra, clique aqui.

Fonte: Portal Giro

Comentários

A seção de comentários deste site permite que as pessoas comentem o conteúdo usando as respectivas contas do Facebook. Para comentar, você precisa estar com uma seção ativa na rede social.