Em Itaituba, homem morre após contrair bactéria que gerou infecção generalizada

Wirley de Oliveira Pereira, 34 anos de idade

O falecimento de alguém que sempre foi saudável, alegre e popular sempre gera grande comoção. Nesta sexta-feira (15) Itaituba perdeu uma pessoa muito querida, Wirley de Oliveira Pereira tinha 34 anos de idade e morreu nesta madrugada no Hospital Municipal de Itaituba.

Em conversa, com o portal Giro, a família disse que Wirley vinha se sentindo mal há dois dias, com muita febre, porém, ninguém imaginava a gravidade. No fim da tarde da última quinta (14), devido insistência de familiares, ele foi encaminhado para o HMI e foi internado por volta das 18:00 horas.

Os familiares afirmam ainda que ele iria ser transferido com urgência para Santarém onde receberia um tratamento diferenciado, inclusive, o TFD já estava pronto. Por volta das 04:00 horas, apesar dos esforços dos médicos, ele não resistiu e morreu no hospital.

A causa da morte foi uma infecção generalizada devido uma bactéria muito poderosa que causou hemorragia interna, ela paralisou vários de seus órgãos como rins e coração.

Com o anúncio de sua morte inesperada, muitas pessoas ficaram comovidas, nas redes sociais amigos e familiares manifestaram os seus pêsames. 

Wirley era solteiro, proprietário de um pequeno empreendimento e deixou dois filhos. Recentemente foi o ganhador de uma premiação, avaliada em cerca de R$ 10.000,00, do bingo dos garimpeiros que aconteceu em Itaituba no mês de Julho.

O velório está acontecendo na sexta rua entre trav 13 de maio e Lauro Sodré, e o enterro será no cemitério do centro as 09:00 horas de sábado (16).

Fonte: Portal Giro

(Receba notícias em primeira mão, envie um whatsapp para o número (93)99156-8842 com seu nome completo dizendo que quer receber notícias do portal Giro e faça parte de nossa lista de transmissão)

COMPARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Há poucos esses em Novo Progresso acontecem uma porte atribuída ao anta vírus. Já aconteceu uma outra e creio que tenha sido no estado do Pará.
    A pergunta que fica é: O que as autoridades sanitárias dizem sobre isto agora? Se é o terceiro caso que morrem por algum tipo de bactéria fulminante, que bactéria é esta? Qual a origem e como evitar?
    Não tenho lido nada nos meios sociais sobre isto. O que a população pode fazer?
    O país inteiro está sento infectado por falta de tratamento sanitário e ninguém se incomoda.
    Na minha avaliação de leigo, creio que 90% do país não tenha tratamento sanitário adequado. Fora os grandes centros, ninguém se incomoda com tratamento de esgotos e isto quando tem um sistema de coleta, que não é o caso de Itaituba. Uma cidade com mais de cem mil habitantes e nenhum metro de esgoto, numa topografia totalmente favorável à instalação, água abundante e nem haveria necessidade de jogar no rio, como tem sido feito com o esgoto a céu aberto que escorre diretamente para as águas deste rio maravilhoso.
    A população não ajuda, pois não exige do poder público este benefício, pois não concordam em pagar. Tem que criar, caso ainda não tenha, o IPTU, levar água tratada a toda população indiscriminadamente e a saída para um sistema de esgoto que leve a uma estação de tratamento, sem jogar um único verme ou bactéria neste rio.
    O que o prefeito fez de promessa nesta última campanha? Apenas construir um palacete como fez a ex prefeita? Porque não mostram a ela uma foto do casebre que morava e no que se transformou sus formosa residência?
    Muita gente para usufruir e poucos para beneficiar a população!
    Itaitubense REAJA! Não deixe seus filhos morrerem contaminados por bactérias que pode estar saindo destes poços contaminados por, desde ameba a todo tipo de porcaria que possam imaginar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentário!
Por favor, indique o seu nome aqui