EMPURRADOR É IÇADO 4 MESES APÓS ACIDENTE COM NAVIO NO RIO AMAZONAS, NO PARÁ

O barco rebocador da empresa Bertolini foi içado do rio Amazonas na manhã desta terça-feira (5), quatro meses após o acidente com o navio da Mercosul Line, no rio Amazonas, perto do município de Óbidos, no oeste do Pará. Os trabalhos de içamento estão sendo feitos por uma empresa holandesa há 20 dias. Nesta terça, o rebocador foi puxado para a superfície, preso a um guindaste.

O rebocador foi encontrado por meio de um equipamento scanner, cinco dias após o acidente, a 15 quilômetros de distância de onde aconteceu a batida e a 63 metros de profundidade. Dois navios da Marinha foram usados para rastrear o rio Amazonas. O Corpo de Bombeiros informou que no trecho onde aconteceu o acidente, a profundidade varia de 60 a 70 metros, com correnteza de 9 km/h.

Familiares dos nove desparecidos no naufrágio do Empurrador CXX, confirmaram ao G1 que foram informados oficialmente no início da tarde desta terça-feira (5) por representantes de órgãos de segurança que acompanharam o içamento da embarcação, que no trabalho inicial dos peritos, corpos já foram visualizados nos corredores e na cozinha do empurrador.

– G1

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentário!
Por favor, indique o seu nome aqui